ACM Neto nega conversas com Zé Dirceu e acordo com PT nacional: ‘Não é verdade’


O ex-prefeito ACM Neto (União Brasil) negou, em entrevista à rádio Sociedade FM na manhã desta terça-feira (22), qualquer acordo com o PT nacional que tenha levado a desistência do senador Jaques Wagner (PT) de concorrer ao governo do Estado.


Neto também negou contatos com o ex-ministro José Dirceu. “Os contatos que tive com Zé Dirceu foi quando ele era ministro do ex-presidente Lula, eu naquele momento era deputado federal”, contou. “Todos os contatos eram para tratar dos temas do Congresso Nacional. Depois disso não tive mais nenhum contato com Zé Dirceu”, acrescentou.


“Muito se especulou na imprensa que poderia haver um acordo entre a gente e o PT nacional, que tenha sido determinante para a decisão do ex-governador Jaques Wagner não ser candidato. Não é verdade. Não existe acordo”, garantiu Neto.


“O que existe é a clareza de que o ex-presidente Lula não é o meu adversário nesse processo. O ex-presidente Lula está disputando a presidência da República. Eu sou pré-candidato ao governo do Estado”.


“Então não enxergo Lula como o meu adversário, como não enxergo nenhum postulante ao Palácio do Planalto como o meu adversário. O nosso foco está na Bahia. Os meus oponentes serão aqueles que se apresentarem como pré-candidatos ao governo do Estado da Bahia”, continuou.


Fonte: Política Livre

 

25 visualizações0 comentário