APLB: PROFESSORES EFETIVOS E CONCURSADOS DE AMÉRICA DOURADA.

  1. O ajuste de salários de professor em América Dourada ou em qualquer outro município do Brasil, para que seja pago aos professores precisa de autorização da Câmara de Vereadores. Como é do conhecimento de todos os interessados, e não de terceiros que fazem do assunto matéria para aparecer, em América Dourada, os vereadores por conta do recesso ainda não votaram o projeto de lei para que nos fosse pago os nossos salários com o ajuste estabelecido pelo MEC.

  2. Não foi a primeira vez que “nós” professores efetivos e concursados recebemos salário no mês de janeiro sem o devido ajuste. Sempre que não foi possível repassar o ajuste dos salários dos professores no mês de janeiro, sempre nos pagaram sem o citado aumento, e posteriormente, a APLB Sindicato “na pessoa do seu presidente e dos demais membros da diretoria sindical” negociamos o ajuste e o pagamento do devido retroativo equivalente de cada profissional no mês seguinte. Até a presente data, nenhum profissional teve perda salarial em virtude do assunto em discussão, se caso algum professor teve perda, que publique abaixo, porém com o seu verdadeiro nome, pois estamos cansados de ver pessoas que não têm o que fazer, criando perfil falso nas redes sociais para falar de assunto que nem sabe mesmo do que se trata, ou então, tentando denegrir o trabalho, a honra e a dignidade das pessoas.

  3. Quanto ao assunto “criando perfil falso nas redes sociais para falar de assunto que nem sabe mesmo, do que se trata, ou então, tentando denegrir o trabalho, a honra e a dignidade das pessoas”, tenho a dizer que não me incomoda, pois sempre fiz o trabalho que tinha que ser feito à frente da APLB, e pode ter certeza que deu bons frutos, e cada profissional tem o livre arbítrio e opinião, os quais eu respeito muito, para fazer as suas próprias conclusões. Também, aqueles que comentam, curte ou compartilham comentários de pessoas com falso perfil em redes s, com o intuito de gerar desentendimentos e demais situações desconfortáveis para aqueles que nem mesmo pode se defender, pra mim, não passam de pessoas criminosas muito mais de que aquele que se esconde por trás de um perfil falso. Vejam a lei de crimes nas redes sociais, pois quem curte, compartilha e comenta situações falsas ou criminosas, é tão passível de ser responsabilizado, quanto quem as postou. Não preciso de avaliação de “pessoinhas mal realizadas, desinformadas, e guiadas por um sentimento ruim de intrigas, calúnias e difamação” que são consideradas não só pela justiça dos homens, como também, pela de Deus, como criminosas e vergonhosas perante os seus semelhantes, e para com o próprio Deus.

  4. Quanto às lutas sindicais sempre tivemos e com muita transparência, ora mais agressivas, ora, mais com mais negociações. Mas o importante, sempre foram os resultados para os profissionais os quais respondemos legalmente e são os reais interessados.

  5. Quanto a negociar com os gestores, desde 2013 recebemos o ex-prefeito na sede da APLB para pedir para trabalharmos em parceria pela educação e seus profissionais, e o fizemos. Ajudamos aos dois secretários da sua gestão em assuntos de interesses da educação e dos profissionais, se for mentira esta afirmação, a Sra. Ana Lopes (primeira Secretária de Educação), e o prof. Pedro Melo (segundo Secretário da mesma pasta e gestão), estão no direito de se manifestar abaixo, e os frutos das negociações apareceram, ou seja, nenhum salário atrasado, nenhum vantagem e/ou gratificação retirada ou suprimida…, em fim, foram 4 anos de ganho para todos. Alguém reclamou?

  6. Na atual gestão, também nos foi feita a mesma proposta, e não acho que se deve fazer nenhuma avaliação ainda. Pois nem começamos os trabalhos. O que vejo é muita gente comentando assunto que desconhece, e se conhece, não ta sendo justo com a verdade.

  7. E quanto aos repasses do FUNDEB referentes ao ano de 2017, é bom as pessoas realmente interessadas fazer pesquisas no site do FNDE – Banco do Brasil para ver o seguinte: A) Receita do FUNDEB de 01 de janeiro até 31/01/2017 foi de R$ 610.128,60 C; B) Receita do FUNDEB de fevereiro – 01/02/2017 – R$ 794.424,93 C. Portanto, pesquisem e comprovem. É um dever de cada profissional. Não temos porque repassar informações “erradas”, pois sempre tivemos cuidados e respeito para com os interesses dos nossos profissionais, pois são pais e mães de família que seguram os interesses das suas famílias (esposas, esposos, filhos, netos, faculdade, financiamentos de bens e imóveis…), com o seu salário, ou seja, o de profissional concursado e/ou efetivo da área da educação do nosso município. E aos que comentaram e comentam aquilo que não sabem, muito cuidado, não se pode subestimar professor portador de diploma de nível superior! Você pode ser o PATETA da rede. Att, Reinijasson Dias (Presidente da APLB –América Dourada/BA)

1 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP