Central: Secretário da saúde de Central é exonerado do cargo; confira a nota.


Imagem Reprodução: Central Noticias
Imagem Reprodução: Central Notícias

O secretário de saúde do município de Central, na região de Irecê, José Wilker Alencar Maciel, foi exonerado do cargo nessa terça-feira (11). A exoneração dele foi publicada nesta quarta-feira (12) no diário oficial da cidade. José Wilker é também vice-prefeito do município.



O documento não detalha os motivos para a saída de José Wilker da função. Ele estava no cargo desde o dia 1º de janeiro, quando o atual prefeito, Renato Pereira de Santana, conhecido por Renato do Boi (PSB), assumiu a gestão do município. O diário oficial não trouxe a nomeação de um substituto.

Leia abaixo a nota na íntegra da assessoria do vice-prefeito encaminhada ao Central Notícia.


Nota de agradecimento a população de Central e decepção com a gestão do prefeito Renato do Boi – 12/05/2021

José Wilker Alencar Maciel, na qualidade de vice-prefeito desta cidade e secretário de saúde, vem a público informar que ontem (11/05/2021) para mais uma decepção com o prefeito Renato do Boi, fui convidado para uma reunião sem pré-agendamento na qual pensei que era para tratar de assunto de melhoria da saúde quando cheguei lá, na presença dos demais secretários, fui surpreendido pela reunião na qual o Prefeito e Reinilson anunciaram verbalmente minha exoneração do cargo de secretário de saúde.

Deixo aqui minha indignação, pois, quando iniciamos o projeto político liderado pelo sindicato e coordenado por seu advogado, tivemos como ajuste que a secretaria de saúde ficaria sob a responsabilidade da minha pessoa, ou seja, eu que dentro dos limites legais ia administrar essa secretaria, como fiz até agora, mas, infelizmente por não compactuar com a “falta de palavra” da gestão que não honra suas promessas de campanha e, até agora jogou os ‘pés’ em quem mais lhe ajudou, por isso que atualmente se encontra sem grupo político somente com uns dois ou três “amantes do poder ao seu redor”.

Lamento muito, pois, construímos junto com a comunidade de Central e Servidores Públicos/Sindicato um grande projeto político para tirar o município do “buraco”, mas, na verdade aquele que se posava de “cordeirinho” agora se rebela e tenta dar continuidade aos mesmos erros dos administradores do passado.

O que me surpreendo bastante é que o prefeito fala que não tem dinheiro para pagar aos servidores e eu como Secretário de Saúde economizava um salário mensal de R$ 6.209,64 (seis mil e duzentos e nove reais e sessenta e quatro centavos), já que recebo o meu salário como vice-prefeito, por isso não receberia salário de secretário e mesmo com a exoneração continuarei recebendo de vice, então, chega a ser contraditória essas afirmação da gestão já que com esse salário já daria para conceder uma gratificação ao servidor ou melhoria para saúde.

Aconselhei a gestão e fiz o máximo que esteve ao meu alcance para ajudar, só que aconselhei sempre para o bem coletivo e não para o individualismo, inclusive começou o meu desgaste com a gestão quando:

a) Recebi uma procuração para votar para a Escolha do Presidente do Consórcio de Saúde e antes deu adentrar na sala para votar o prefeito compareceu e sem me apresentar nenhuma justificativa não deixou eu participar dessa votação e descumpriu o que tínhamos ajustado anteriormente;

b) Não concordei com a gestão não pagar os salários de novembro, dezembro, décimo terceiro/2020 e terço de férias dos servidores, pois, foi uma promessa de campanha e sem esses servidores não teríamos sido eleito.

c) Eu questionava notas fiscais encaminhadas para pagamento da secretaria de saúde com indícios de irregularidades.

d) Não aceitava remoções de servidores injustificadas requisitadas pelo diretor do hospital, bem como ultrapassar jornada de trabalho de 40 horas sem pagamento de horas extras;

e) Entre outros problemas que foram surgindo e fez com que eu percebesse que na verdade a gestão atual “tenta mostrar para população uma forma de governar que não pratica, ou seja, vem copiando os mesmos vícios das gestões passadas com as quais eu não compactuei e nem aprovo”

Aproveito para agradecer ao Sindicato dos Servidores Públicos deste município que sempre esteve ao meu lado e sem a participação dos servidores tenho certeza que não tínhamos chegado até aqui. Agradeço a Câmara de Vereadores que tem exercido um papel importante dentro do município.

E ao final agradeço especialmente ao povo Centralense que confia no meu trabalho e a minha equipe que formei na Secretaria de Saúde, formada por pessoas supercompetentes o que tornou esses quatro meses bem agradável. Deixo aqui o meu muito obrigado à Deus em primeiro lugar, que tem o controle de todas as coisas, agradeço toda essa minha equipe da Secretaria de Saúde, Nayane e Malena por serem peças fundamentais, meu “posto Ipiranga”, Lídia por sua bravura, lealdade e eficiência; Mariana por sua educação e esforço e esforço; Nat Nuça sempre meiga e educada; Caio por sua luta aguerrida; Luciano seu “riso frouxo”; Rodrigo, competência e organização; Paula Porto que é sinônimo de acolhimento e doçura; Dr. Ricardo, Dra. Keilan e Dr. Yuri, que é sinônimo de acolhimento e doçura; Dr. Ricardo, Dra. Keilan e Dr. Yuri obrigado por se apaixonar por nossa cidade; Ítalo, dedicado e disposto; Fabiana por sua paciência; Alexsander, Janiclei, Luciano e Jhony pela dedicação e esforço; Roberto por ser tão disposto; Iolanda e Bruno que se doaram para a campanha de vacina contra covid-19; Maria e Cidinha, sempre dispostas a ajudar; Pauloi Gabriel, Valério, Francisco, Kevini que levam a saúde a qualquer lugar; Gratidão à equipe do Hospital, Samu e das Equipes de PSFs; Os motoristas, os quais agradeço na pessoa de Babthan Gonçalves Carneiro, enfim agradeço a todos aqueles em que contribuíram para o bom funcionamento da saúde neste município.

Deixo o meu cargo de Secretário de Saúde, com o sentimento de ingratidão, mas com minha cabeça erguida, ficando um saldo de R$700.000,00 (setecentos mil reais) na conta da saúde e R$140.000,00 (cento e quarenta mil reais) que seria destinado para informatização dos PSF´S, entretanto, ainda estávamos em processo de compra para essa informatização.

Servidores e população de Central darei continuidade ao meu projeto político, construído com os servidores/sindicato e munícipes em geral, fora do grupo do prefeito de Renato do Boi que já demonstrou que não honra com sua palavra e nem estar pensando colocar em prática o projeto político que trançamos durante a campanha voltada para a melhoria do município, bem como para saldar os débitos dos servidores públicos que, repito, foi uma das peças-chaves da nossa vitória.

Tenho certeza que ainda tenho muito por fazer pelo povo de Central, mas agora afastado de pessoas que não cumpre suas palavras.


Gratidão!


José Wilker Alencar Maciel


Bahia Informa

O site que mais cresce na Bahia.


Via Central Notícias

48 visualizações0 comentário