Chefias das polícias Militar, Civil e Técnica permanecem nos cargos.

Apoio: Após esclarecimentos sobre a reforma administrativa, os profissionais da Segurança Pública garantiram a continuidade nos postos de trabalho, durante reunião liderada pelo secretário Maurício Teles Barbosa.

Os profissionais da Segurança Pública das polícias Civil, Militar e Técnica garantiram a permanência nos cargos de chefia da instituição, em reunião no Centro de Operações e Inteligência, na manhã desta quarta-feira (12). A decisão foi tomada após encontro liderado pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, para esclarecer as propostas do Governo Estadual que visam a estabilidade das contas do estado.

Barbosa reuniu o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno, o secretário de Administração, Edelvino Góes, o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, e o diretor do Departamento de Polícia Técnica para explicar os detalhes do documento aos diretores de departamentos da PC e DPT e comandantes da PM, além reafirmar o compromisso de que não haverá perdas para a categoria. Eles também tiraram dúvidas das classes, que mantêm os atendimentos nas unidades.

“Não podemos permitir que a desinformação enfraqueça uma instituição. O governador do estado está aberto a discussão e atento às necessidades dos nossos profissionais”, afirmou o chefe da SSP, ressaltando a importância do papel desses profissionais para a segurança pública. Os policiais também sugeriram ajustes no texto que será enviado à Assembleia Legislativa. As adequações serão encaminhadas ao governador Rui Costa para análise.

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP