Chuva deixa famílias desabrigadas, derruba casas e interdita acesso a povoado em Ibipeba


A forte chuva que atingiu a cidade de Ibipeba, município localizado na região de Irecê, nessa quinta-feira (23), causou muitos transtornos para os moradores do povoado de Serra Grande, que fica a aproximadamente 20 quilômetros da sede do município.


A equipe de reportagem do Central Notícia entrou em contato com o Secretário de Finanças de Ibipeba, Carlos Eduardo Amorim Barreto que informou o impacto da chuva no município.


“Os danos aqui foram enormes, o povoado foi totalmente atingido, a sede do município também, muitas casas foram atingidas, estamos aqui no povoado que estava sem acesso, pois não tinha como chegar. Chegamos aqui e verificamos que tem 26 casas caídas, tirando somente o que pode mesmo. Estamos trazendo comida, verificando quem quer ir para a sede do município, estamos utilizando um colégio para acolher os abrigados, mas graças a Deus sem vítimas fatais até agora, e como as previsões são de muita chuva a gente está com medo, então é retirar o pessoal das áreas de risco, retirar o que eles tem de valor, alimentar e acolher a todos”, informou.


Morador da comunidade de Iguitú, o comerciante de banana Sávio Malaquias entrou em contato com a redação deste veículo e contou um pouco do drama vivido pela população em Ibipeba.


“A chuva teve início na noite do dia 22 para o dia 23 de dezembro, em Ibipeba. Foi um volume de chuva superior a 200 milímetros. Ibipeba fica na parte de cima e aqui é o baixio, e as águas que correm de lá, correm para cá. A água desceu para Lagoa Grande, inundou algumas casas, ela desceu com muita força e altura em direção ao povoado de Serra Grande. O pessoal foi pego de surpresa, o nível da água subiu muito rápido, a umidade pegou nas casas e acabou derrubando, outras foi a correnteza que destruiu tudo pela frente”, contou.


Ainda segundo o comerciante que pertence ao Grupo SM, as estradas estão interditadas e todos os produtores de banana da região estão impossibilitados de escoar a produção. As bananas estão amadurecendo e o prejuízo é imenso, cerca de 300 toneladas podem ser perdidas. A preocupação é que se continuar chovendo, os moradores vão ficar ilhados.


As plantações foram cobertas por água. Canos, mangueiras e animais foram levados pela correnteza, falou Eliane José dos Santos, que mora no povoado de Serra Grande.


Outra reclamação de quem vive na região é com relação ao Riacho do Bandeira no povoado de Lagoa Grande, de acordo com o comerciante, uma ponte resolveria a situação, mas até o momento nada.


À reportagem, o prefeito de Ibipeba Demóstenes de Sousa Barreto Filho (PSD), disse que a prefeitura está fazendo um levantamento da quantidade de famílias que estão desabrigadas e que as pessoas prejudicadas pelas chuvas estão sendo acolhidas pelo setor social do município.

 

21 visualizações0 comentário