Coluna de Evânia Siqueira: IMATURIDADE POLÍTICA.

IMATURIDADE POLITICA

O que é imaturidade? É uma condição comportamental ocasionado pela pouca capacidade de desenvolvimento emocional de acordo com o agir e o pensar a baixo da idade normal.

O que é politica? Arte de organizar, direcionar e administrar uma nação ou sociedade, ou seja, ato de governar, assegurar a defesa e promover o bem-estar do povo, que tem em comum o bem público e social de um país ou comunidade.

Portanto, imaturidade politica é quem não possui opinião com foco no coletivo, no trabalho colaborativo e na perspectiva igualitária social com prática no bem comum a todos estabelecido pela coletividade nas diversas relações sociais, politicas econômicas e culturais observando direitos e deveres dos cidadãos.

Mas, nos dias atuais imaturidade política virou sinônimo de ser integro, verdadeiro e capaz de abordar em público as mazelas que impede a organização, o equilíbrio e a harmonia do bem publico e o dever de se colocar no lugar do outro e evitar determinados conflitos entre pares. Porém, imaturidade é não ter consciência da própria essência, é ter medo de responsabilidades e da própria realidade, ofuscando o outro num contexto partidário politico sem princípios éticos, morais, no qual o principal objetivo é impedir o desenvolvimento profissional do outro. Psicologicamente, estas pessoas não estão bem estruturadas emocionalmente e não sabem lidar com os problemas expostos na sociedade, basicamente não sabe perder, colocar um ponto final em suas derrotas e fracassos. Neste caso faz necessário ter e demonstrar inteligência emocional para reverter tais desequilíbrios.

Pessoas com imaturidade politica apresentam pouca inteligência emocional. Isto é visível diante de ações que causam instabilidade nervosa, variável e irregular, na qual suas emoções oscilam, não tem opinião própria, o que os fazem ser marias que vai com as outras, negligenciando a própria consciência alterando a forma de pensar, sentir e agir diante de situações estressante que exige o pensar ante de agir, causando graves consequências em atos irresponsáveis que afeta a todos.

A falta de maturidade politica nos tornam pouco afetivos com o próximo, apresenta pouca visão de progresso e desenvolvimento a própria comunidade, na qual só tem sentido se estivermos absolutamente certeza do que temos e o que queremos para nossa sociedade, porém este comportamento só demonstra a pouca educação da vontade, a qual enfeita as pessoas com atitudes maduras, a qual pensa no outro depois em si. Esconder-se no mundo do outro com falas ingênuas e ignorantes significa que nossas atitudes não correspondem a quem somos, pois a personalidade imatura está pregada a alfinetes, que  são frágeis e se desfaz com facilidade causando frustações que prejudicam nossa capacidade de superação.

Ética, política e profissionalismo, uma aliança essencial ao desempenho com eficiência em qualquer departamento social que envolve a participação de  toda a sociedade, a qual fiscaliza se o trabalho prometido está sendo realizado com compromisso, em que vise o bem comum de todos na humanidade, pois, todos os cidadãos coletivos têm característica de responsabilidade para a melhoria de vida dos integrantes e demais pessoas de convívio social.

Portanto, é necessário adquirir informação a respeito das ações desenvolvidas que envolve decisões e oportunidades de participação social, em que as pessoas possam repassar de forma consciente aos demais grupos sociais como preservar e construir uma sociedade mais responsável com os seus atos. Abrindo caminhos para a realização de projetos, palestras informativas para transformação do meio em que se encontra inseridas.

Evânia Siqueira

#ColunadeEvâniaSiqueiraIMATURIDADEPOLÍTICA #IMATURIDADEPOLÍTICA

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP