Educadores nomeados em concurso da Educação falam da expectativa de atuar no magistério público


Os 312 professores e coordenadores pedagógicos padrão P, grau III, 40 horas semanais, aprovados no concurso público lançado em 2017 e recém-nomeados, já estão na expectativa de tomar posse e começar a atuar na carreira do magistério público estadual. A previsão é que os educadores assumam as suas respectivas funções no mês de setembro, em escolas localizadas nas diferentes regiões da Bahia.


O professor de História, Epaminondas Alves, de São José da Vitória, não esconde a satisfação em atuar como profissional efetivo após ter tido experiência na rede estadual, através de serviço temporário. “O sonho de todo educador é trabalhar em uma rede educacional que lhe possibilite crescimento profissional e condições de trabalho. Com a posse na rede estadual como professor de História, realizo este sonho”.


Para a coordenadora pedagógica Laiana Queiroz, de Jequié, este concurso é a realização de um grande sonho. “Me especializei em Gestão e Organização Escolar, visando contribuir com a educação pública. A minha expectativa é ser mediadora entre educadores e alunos, promovendo o desenvolvimento do ambiente escolar, buscando avançar no processo de ensino e aprendizagem”, destacou.


A professora de Matemática, Keila Marques, de Vitória da Conquista, disse que não vê a hora de atuar na rede estadual. “Vejo a educação como o melhor meio de minimizar a desigualdade social. Espero contribuir da melhor maneira para o crescimento dos jovens e adultos com os quais irei trabalhar”, salientou.


A também professora de História, Leidiane de Lima, de Mirangaba, disse que há muito tempo alimentava o sonho de ter um cargo efetivo como professora do Estado. “Quando surgiu a oportunidade de fazer o concurso, em 2017, acreditei em mim, pois sabia que seria uma oportunidade de realizar meu sonho. Encaro a volta ao ensino presencial de forma híbrida como um desafio a ser encarado com responsabilidade, dedicação e amor”, comentou.


Convocações – O governo do Estado ainda convocou 214 professores da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, 63 professores indígenas e cinco técnicos de nível superior, selecionados pelo Regimento especial de Direito Administração (REDA). Os aprovados devem enviar os documentos digitalizados para o endereço ingressocpm.sec@enova.educacao.ba.gov.br e comparecer nas sedes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTEs), munidos da documentação em original e fotocópia listada nos respectivos editais. O prazo é até esta quarta-feira, 11 de agosto, para os profissionais da Educação Profissional e Tecnológica e até 20 de agosto para as demais categorias convocadas.

 

10 visualizações0 comentário