Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP

Espetáculo apresenta dança contemporânea para adolescentes do interior da Bahia.

Espetáculo apresenta dança contemporânea para adolescentes do interior da Bahia


DESASTRO

Espetáculo apresenta dança contemporânea para adolescentes do interior da Bahia

Em circulação pelos municípios de Cachoeira, Camaçari, Jequié e Vitória da Conquista neste mês de maio, “Desastro” mistura dança, teatro, rock’n roll e ficção científica


Os efeitos especiais de uma ficção científica protagonizada por super-amigos, cúmplices dos poderes de transgredir suas percepções. Em meio a esta excentricidade espacial, “Desastro” é um espetáculo de arte contemporânea para pré-adolescentes e adolescentes, com concepção e direção de Neto Machado, que divide o palco com Bernardo Stumpf, Isaura Tupiniquim, Jorge Alencar e Jorge Oliveira. Em uma mistura de dança, teatro e rock’n’roll, o grupo experimenta com a plateia uma estética muitas vezes nova, mas presente no imaginário de boa parte da garotada. Estreando na Bahia, a peça vai circular em quatro cidades durante este mês de maio: Cachoeira (13/5), Camaçari (15/5), Jequié (18/5) e Vitória da Conquista (20/5), com duas apresentações em cada uma delas e entrada gratuita.


Produzido pelo Dimenti, “Desastro” é objeto do projeto “Adolê”, que foi contemplado pelo Edital Setorial de Dança 2014 da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (SecultBA), com recursos do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). Sua realização permite a remontagem desta peça criada com financiamento do Prêmio Procultura de Estímulo ao Circo, Teatro e Dança, promovido pelo Ministério da Cultura, através da Funarte. A obra é resultante de residências em Salvador, Rio de Janeiro e Curitiba, durante os anos de 2012 e 2013, tendo sido apresentada até então exclusivamente na capital paranaense.


Em “Desastro”, os efeitos especiais e os universos espaciais, que são geralmente construídos com uso de muitas tecnologias digitais, são feitos de forma analógica, como uma brincadeira. O interruptor da parede cria o strobo, a luz fria dá cor ao ambiente e os pequenos pisca-piscas de natal pelo chão abrem diversas possibilidades.


A trilha sonora é ponto de partida e questão fundamental: uma única música de David Bowie, “Space Oddity”, dá o tom de todo o espetáculo, em variadas versões. O hit trata de uma viagem ao espaço, de uma tentativa de explorar o desconhecido. Major Tom, personagem que comanda esta viagem descrita na letra da canção, nos leva então às suas visões espaciais, à sua empolgação com as descobertas e ao desastre de seu sumiço pelo espaço sideral. A história de subir ao espaço e não voltar mais, de viajar em busca do novo, leva “Desastro” a pensar na relação que temos com as experiências vividas. Não há como apagar a experiência. Não tem como uma viagem ao desconhecido ter volta para o mesmo lugar. O conhecimento é algo que não tem retorno.


Assim, “Desastro” aproxima duas adolescências: a do autor, que parte de suas memórias e referências para construir o futuro de seu passado, e a do público – duas gerações que escutam músicas diferentes, que têm referências tecnológicas diversas, mas que compartilham um prazer constante de ficcionalizar o mundo e de dar movimento a ele.


DESASTRO

De Neto Machado

Com: Bernardo Stumpf, Isaura Tupiniquim, Jorge Alencar, Jorge Oliveira e Neto Machado

= CACHOEIRA: Espaço Cultural Hansen Bahia (Rua Manoel Vitorino, 12)

13/5, quarta-feira, 10h e 19h

= CAMAÇARI: Teatro Alberto Martins (Rua Eixo Urbano Central, Centro)

15/5, sexta-feira, 14h e 19h

= JEQUIÉ: Centro de Cultura ACM (Praça Duque de Caxias, s/n)

18/5, segunda-feira, 15h e 19h

= VITÓRIA DA CONQUISTA: Teatro Municipal Carlos Jehovah (Praça da Bandeira, s/n)

20/05, quarta-feira, 15h e 19h

Quanto: Gratuito

Censura livre

Duração: 50 minutos

Apoio financeiro: FUNCEB/ FCBA/ SecultBA/ Sefaz/ Governo da Bahia

Realização: Dimenti

1 visualização