Mulher é encontrada morta e degolada em Ibititá; assassino confesso é preso em Irecê .

Foto: Rede Caraíbas. Alexandro na Delegacia de Polícia de Irecê.

Um crime brutal chocou moradores da cidade de Ibititá, nesta quarta-feira (1). Uma mulher, identificada como Miriam de Jesus, de 24 anos, foi encontrada morta e degolada – por volta das 9h da manhã – no bairro Riacho. Moradores da região encontraram o corpo estendido no chão, e acionaram a polícia.

A área do homicídio foi isolada pela Polícia Militar, que aguardou a chegada da perícia. O corpo de Miriam foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Irecê.

Na manhã de hoje, quinta (2), por volta das 10h, uma guarnição da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO), composta pelos policiais militares ‘Júnia’, Roberto, Daniel e Éric, lotados no 7º Batalhão de Irecê, prendeu Alexandro Gomes Diniz, de 32 anos, que confessou ter matado a companheira Miriam de Jesus, de 24 anos, com golpes de faca. Ele estava escondido em um quarto, no bairro Baixão de Sinésia, em Irecê. Após ser preso, foi levado à Delegacia de Polícia de Irecê, onde foi autuado e preso em flagrante pela delegada Maria José Alves Maciel e encaminhado à carceragem da 14ª Coordenadoria de Polícia Civil de Irecê.

Em conversa com o repórter policial, José Bastos, da Caraíbas FM, Alexandro Diniz revelou que ambos eram usuário de crack, e que a motivação do crime seria passional, pois desconfiava que ela o estaria traindo.

Da Redação/ Caraíbas

#MulheréencontradamortaedegoladaemIbititáassassinoconfessoépresoemIrecê

2 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP