Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP

Os prejuízos da chuva na Bahia. Dez cidades ficam sem energia no Sudoeste. Mansidão está isolada da



Uma torre desabou perto da cidade de Itapetinga após forte chuva e deixou 10 cidades do sudoeste da Bahia sem energia. A informação foi confirmada pela Companhia de Eletricidade do Estado (Coelba), na noite deste sábado (23).

Os municípios afetados são Itapetinga, Itambé, Caatiba, Encruzilhada, Ribeirão do Largo,Cândido Sales, Macarani, Itarantim, Maiquinique e Potiraguá.

De acordo com a empresa, a chuva provocou uma erosão na base da torre e causou a queda do equipamento, às 0h05 deste sábado. Até às 19h30, o fornecimento ainda não havia sido restabelecido. Do G1.

Rio de Contas: estrada interrompida parcialmente

Um trecho da BA-148, que liga as cidades de Livramento de Nossa Senhora e Rio de Contas (conhecido como Serra das Almas) está bloqueado parcialmente após queda de barreira neste sábado (23).

O deslizamento de terra, nas proximidades do monumento “Nega do Zofir”, foi antecipado por conta das fortes chuvas que caem na região desde o início do mês, isso porque já há algum tempo o terreno naquele trecho já vinha dando sinais de que isso iria acontecer. O Derba e a PRE já estariam cientes da situação e devem enviar prepostos para o local, afim de tomarem as devidas providências. Os motoristas que tiverem que fazer o caminho entre Livramento e Rio de Contas devem redobrar a atenção neste período chuvoso. Terra e pedras ficaram sobre a pista. Ainda sem sinalização no local o trânsito está em meia pista, mas fluindo normalmente.

Rio Cachoeira ameaça Itabuna

O nível do Rio Cachoeira subiu rapidamente nas últimas horas e colocou em alerta várias áreas da Prefeitura de Itabuna. Técnicos da Defesa Civil encontram-se no Bairro Maria Matos, antigo Rua de Palha, tentando remover famílias de área ribeirinha. “O nível do rio está subindo muito, e rápido”, disse ao Pimenta.blog, há pouco, o coordenador da Defesa Civil, José Roberto Avelino.

Santa Maria entra em “Calamidade Pública”

Após a enchente que inundou todo centro da cidade de Santa Maria da Vitória (BA), o prefeito da cidade, Amário Santana, baixou um decreto declarando “Situação de Calamidade Pública”.

No documento, o prefeito afirma que a medida foi necessária para garantir a recuperação da área alagada e o apoio necessário às famílias atingidas.

Outra novidade é que a Comissão Municipal de Proteção e Defesa Civil fez um relatório da situação e foi favorável à declaração de calamidade. Além de possibilitar o recebimento de recurso do Governo Federal, o município fica dispensado de fazer licitação para solucionar os problemas causados pela enchente. A regra inclui a contratação de prestação de serviço, aquisição de bens e realização de obras. A dispensa vale até 21 de junho de 2016, ou seja 180 dias após o inicio do alagamento.

Riachão do Jacuípe tem mais de 2.000 desabrigados

Já passa de 2 mil o número de pessoas desabrigadas no município de Riachão do Jacuípe, a cerca de 200 quilômetros de Salvador, após as fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias, segundo informou neste sábado ao G1 a prefeita Tânia Alves.


De acordo com a gestora, quase 600 famílias que precisaram deixar as casas já foram cadastradas pela prefeitura e estão alojadas no ginásio de esportes, abrigos e escolas municipais. Outras pessoas foram para casa de parente. As vítimas contam com doações feitas por moradores de cidades vizinhas.

“As pessoas estão sendo solidárias. Várias pessoas de cidades vizinhas estão fazendo campanhas de arrecadação e enviando alimentos roupas e água. A solidariedade é imensa, graças a Deus. Também estamos recebendo donativos de órgãos públicos de outros municípios e de igrejas”, destacou a prefeita.

Bombeiro morre durante resgate em Feira de Santana


Um bombeiro de 32 anos morreu afogado após ser arrastado por uma correnteza durante um trabalho de resgate neste sábado (23), na cidade de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador. Eduardo Santos Góes, que era do 2º Grupamento de Bombeiros Militar, tentava resgatar três pessoas que ficaram ilhadas por conta da cheia do Rio Jacuípe, devido a chuvas que caíram na região, quando foi levado pela água. O acidente ocorreu nas proximidades do Distrito de Galhardo.

Santa Rita de Cássia – Mansidão

A estrada BA 351 foi interrompida pela força da água, a  6 Km de Santa Rita de Cássia no sentido de Mansidão. Um aterro desmoronou e  aproximadamente  25.000 pessoas estão isoladas do acesso à BR 135. O Prefeito de Santa Rita, Geraldo Azevedo, esteve no local e acionou o DERBA para a recuperação da estrada. O povo de Mansidão só pode deslocar-se por enquanto via Barra, para então alcançar a BR 020.

Luís Eduardo Magalhães e Barreiras

Em Luís Eduardo Magalhães e Barreiras a chuva tem proporcionado pequenos prejuízos, com ruas alagadas, erosões e dificuldade de tráfego de veículos. O DNIT age com intervenções pontuais, nos trechos em que a BR 020 ameaça desmoronar. Dos trechos asfaltados, o mais esburacado é a rótula octogonal do Largo dos Três Poderes. 

Estão previstos no mínimo mais 110 mm de precipitação até o final do mês. No entanto, pancadas como a ocorrida hoje em Angical, de alta concentração, podem aumentar esse índice ainda mais. 

[divider]

Do G1

Informações Jornal Expresso.

Via Lucas Souza Publicidade

#OsprejuízosdachuvanaBahiaDezcidadesficamsemenergianoSudoesteMansidãoestáisoladadaBR135

0 visualização