top of page

Preocupado com as consequências do Novo Ensino Médio


com o futuro dos alunos da rede pública, o deputado federal Bacelar (PV-BA) apresentou, na noite desta terça-feira, 22, um projeto de lei (1299/2023) que revoga a reforma do ensino médio. “O NEM vai precarizar e aumentar as desigualdades educacionais” argumentou.


O modelo, aprovado em 2017 pelo governo de Michel Temer (MDB) e implantado em 2022 pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), oferta um conjunto de novas disciplinas optativas em todas as escolas do país.

Comments


bottom of page