Várzea Nova: mulher é estuprada e apedrejada por três elemento.

A vítima foi encontrada gravemente ferida, com suspeita de estupro e espancamento.

A Polícia Militar prendeu três suspeito do crime  (Fotos: Ramon Barboza – Várzea Nova Notícias)


Na manhã deste domingo (09), por volta das 7hs da manhã foi encontrado  o corpo da dona de casa Luciene Ferreira do Carmo, 33 anos, desacordada, ensanguentada e completamente nua, numa  construção abandonada na Rua Dorival Pereira de Carvalho (Próximo a Unidade de Saúde da Família de Missões) em Várzea Nova.

De acordo vizinhos, Luciene estava retornando de uma festa no Clube Águas Claras, quando foi abordada por três elementos identificados pela Polícia Militar, como sendo Welington de Jesus Ramadalton, 20 anos, Cleiciano Alves dos Santos também de 20, e Roberio Santos da Silva, 19 anos. Todos os acusados foram presos poucos minutos após o crime, dormindo em uma residência vizinha a familiares da vítima. Na casa foram apreendidos roupas, um facão e uma pequena quantidade de maconha.

A vítima foi socorrida pelo repórter deste site Ramon Barboza, por  populares, e pelos prepostos da Guarda Municipal, Vicente Neto e Marcelo, até o Hospital Padre Alfredo Haasler, onde foi constatado pela equipe médica de plantão, o Traumatismo Craniano, as escoriações, e o suposto abuso sexual, sendo em seguida transferida com urgência para o Hospital Geral do Estado na capital baiana em estado grave.

No local do crime foram encontrados pela guarnição dois(02) pacotes de cerveja em lata, roupas da vítima, um preservativo supostamente utilizado pelos acusados, dentre outros objetos.  Todos foram ouvidos pelo agente da Polícia Civil local, sendo em seguida conduzidos ao Complexo Policial de Jacobina para a realização de exames, permanecendo custodiados na carceragem da delegacia a disposição da justiça.

#VárzeaNovamulheréestupradaeapedrejadaportrêselemento

1 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP