Bancários aceitam proposta e greve chega ao fim.

Servidores do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banpará, Banco da Amazônia e demais bancos privados aceitaram a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), em assembleia realizada na noite desta quinta-feira (06), na sede do Sindicatos dos Bancário (Sindiban) do Pará, em Belém, colocando fim a greve que hoje completou um mês.

Diante disso, os bancos também devem abrir normalmente nesta sexta-feira (07), de acordo com o Sindiban. A proposta aceita pela categoria, inclusive, fechou com o reajuste salarial de 8%, abono salarial de R$ 3,5 mil e, a partir da data-base de 2017, reajuste salarial de acordo com o índice da inflação mais 1% de ganho real.

Na quarta-feira (04), segundo balanço da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf CUT), cerca de 13 mil agências em todo o país não abriram, o que representa 55% de todas as agências do Brasil.

A greve já é considerada a mais longa da história da categoria, totalizando 31 dias, superando os 21 dias no ano de 2015.

Este ano, a greve iniciou no dia 5 de setembro, quando os sindicatos dos bancários de todo o país chegaram a um impasse nas negociações de reajuste salarial com a Fenaban.

Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 14,78%, considerando 9,31% de correção da inflação, participação nos lucros e resultados correspondente a três salários mais R$ 8.297,61 e piso salarial de R$ 3.940,24.

[divider]

(LSP com informações de O Globo)

#Bancáriosaceitampropostaegrevechegaaofim

1 visualização0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP