Aos 91, morre ex-governador da Bahia Waldir Pires.










O ex-governador da Bahia e ex-ministro Waldir Pires morreu na manhã desta sexta-feira (22) aos 91 anos em Salvador.


Ele havia dado entrada na noite de quinta-feira (21) no Hospital da Bahia com um quadro de pneumonia e, por volta de 10h desta sexta, teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.



O então vereador Waldir Pires durante sessão do Senado destinada a lembrar os 50 anos do golpe civil e militar de 1964 – Beto Barata – 31.mar.2014/Folhapress


Waldir foi um dos quadros mais importantes da esquerda brasileira. Foi consultor geral da República no governo João Goulart, entre 1963 e 1964, e ministro da Previdência no governo José Sarney entre 1985 e 1986. Também foi ministro da Controladoria-Geral da União e da Defesa no governo Lula.

Após o golpe militar de 1964, ficou exilado por seis anos no Uruguai e na França. Retornou ao Brasil em 1970, mas só recuperou os direitos políticos com a anistia, em 1979.

Em 1986 foi eleito governador da Bahia pelo MDB, desbancando o jurista Josaphat Marinho, candidato apoiado pelo ex-governador Antônio Carlos Magalhães (1927-2007), seu principal adversário na política.

Ficou no cargo até 1989, quando descompatibilizou-se para tentar ser candidato a presidente da República. Acabou disputando as eleições como candidato a vice na chapa liderada por Ulisses Guimarães. A chapa ficou em sétimo lugar na disputa.

Foi deputado federal entre 1991 e 1994 e entre 1998 e 2002. Em 1994 e 2002 foi derrotado nas duas tentativas de chegar ao Senado. Neste período, passou por partidos como PDT e PSDB até filiar-se ao PT.

No governo Lula, teve atuação destacada na CGU, sendo o idealizador de ferramentas de controle como o Portal da Transparência.

Já no ministério da Defesa, teve atuação criticada e foi demitido do ministério em julho de 2007 na esteira da crise dos aeroportos brasileiros, dias após o acidente com um voo da TAM que deixou 199 mortos. Em seu lugar, Lula nomeou o ministro aposentado do STF (Supremo Tribunal Federal) Nelson Jobim.

Em 2012, aos 85 anos, foi eleito vereador em Salvador, cumprindo mandato até 2016, quando saiu oficialmente da vida pública.

Com a saúde já debilitada, fez sua última aparição pública há uma semana, quando participou do lançamento da sua biografia escrita pelo jornalista e ex-deputado federal Emiliano José (PT).

O governador da Bahia, Rui Costa, decretou luto oficial de cinco dias. Em nota, o governador afirmou que Waldir foi ‘um exemplo de caráter e retidão, na vida pública e na vida privada” e disse que seu legado “serve de herança e inspiração”.

“Com temperança e honestidade, bem ao seu estilo, levaremos adiante seus ideais. Meus sentimentos, em especial à família e aos amigos, e que Deus conforte a todos nós”, disse o governador.

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), também lamentou a morte do ex-governador: “Estivemos em lados opostos, mas Waldir nos lega o exemplo de homem público que exerceu com serenidade o seu papel na política. É um personagem de relevância que escreveu seu nome na história de nosso país”.

O corpo de Waldir Pires será velado neste sábado (23) a partir das 9h no Mosteiro de São Bento, em Salvador, onde será celebrada uma missa em sua homenagem, às 16h30.

A cerimônia de cremação será no domingo (24), às 11h, no Cemitério Jardim da Saudade.











João Pedro Pitombo- Folha de S.Paulo.


SALVADOR

#Aos91 #morreexgovernadordaBahiaWaldirPires

2 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP