FESTA POPULAR NO INTERIOR – COM OS PÉS NO CHÃO E COM COBERTURA

Dizem que pensar é de graça, estava aqui pensando e fazendo os cálculos: Numa destas festas em praça pública, há artista que recebe 500.000,00 para fazer um show musical de 01 h 40 min. fora as exigências.  Conforme o DIEESE uma cesta básica em Aracaju – Se. Custava em setembro p.p. 370,00 fazendo as contas daria para comprar aproximadamente 1.350 cestas básicas para um mês de consumo, e se fosse com pão francês a um custo de 0,30 a unidade, aqui em Irecê – Ba, daria para comprar aproximadamente 1.767.000 pães – Se fôssemos pensar melhor, mudaria de opinião, seria mais interessante artistas com valores mais em conta, mais tempo cantando, divertindo o povo alimentado por ter recebido cestas básicas. E os visitantes que vêm por causa das grandes atrações? Esses ai, quem tiver condições, deve ir para festas particulares, curtir a sua festa e seu artista conforme os seus gostos e condições.

Na minha opinião, em praça pública, festa patrocinada com o erário, deveria ter um teto e um piso, não deixaria os munícipes sem chão e nem sem cobertura. Ideias para os executivos eleitos que tomarão posse em janeiro de 2016.


#FESTAPOPULARNOINTERIORCOMOSPÉSNOCHÃOECOMCOBERTURA #MAURODOURADO

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Bahia Informa- O site que mais cresce na Bahia. #REDELSP